Águas do Tejo Atlântico integra o Conselho Municipal de Gestão da Reserva Mundial de Surf da Ericeira

Águas do Tejo Atlântico integra o Conselho Municipal de Gestão da Reserva Mundial de Surf da Ericeira, órgão consultivo da Câmara Municipal de Mafra para a gestão desta Reserva Mundial de Surf.

De notar que a Ericeira se tornou Reserva Mundial de Surf a 14 de outubro de 2011, após consagração pela organização internacional Save the Waves. Atualmente este galardão está atribuído no mundo apenas a 10 locais, tendo a Reserva Mundial de Surf da Ericeira sido a 2ª a ser atribuída e a única do continente Europeu com esta distinção – ver mais em https://www.savethewaves.org/programs/world-surfing-reserves/reserves/

O contributo do subsistema de Tratamento de Águas Residuais da Ericeira, gerido e garantido pela Águas do tejo Atlântico, é determinante para esta realidade uma vez que a qualidade das águas balneares é salvaguardada pelo nível de tratamento aí realizado, garantindo a harmonia e a segurança necessária para o equilíbrio natural desta reserva.   

 

Desenvolvimento:

O Conselho Municipal de Gestão da Reserva Mundial de Surf da Ericeira é um órgão com funções de natureza consultiva, de articulação e de cooperação em matérias de salvaguarda relacionadas com a paisagem natural protegida da Reserva, instituído através do regulamento publicado em Diário da República, 2.ª série, n.º 2, de 3 de janeiro de 2017.

Na reunião do Conselho Alargado realizada na passada semana, no qual a Aguas do Tejo Atlântico formalizou a sua integração, foi aprovado o Plano de Gestão da Reserva Mundial de Surf que vigorará no próximo quadriénio.